Outsourcing de TI: o que é e quais seus benefícios

07/06/18

Os recursos tecnológicos têm um grande valor estratégico para as empresas e é aí que aparecem as empresas de outsourcing de TI. Nem sempre é possível montar uma equipe de TI com o tamanho e a estrutura mais adequados ou mesmo contratar os profissionais com a especialização necessária. A solução, então, é procurar quem ofereça esse tipo de serviço.

Atualmente, o termo outsourcing de TI tem estado em bastante evidência, sendo bastante utilizado, principalmente, por médias e grandes empresas. Vamos nos aprofundar no seu conceito e funcionamento para entender exatamente quais são seus benefícios para o mercado.


O que é outsourcing de TI

Como o próprio nome já diz, outsourcing de TI é a terceirização do controle de sistemas e da gestão relacionados à tecnologia de informação. Essa medida tem grande valor estratégico para as empresas, pois permite que seus processos de TI sejam desenvolvidos por uma equipe especializada sem precisar mexer na sua estrutura organizacional ou fazer novas contratações.

As expectativas para o mercado de outsourcing de TI são otimistas, com um crescimento esperado que inclusive supera o do mercado de TI total. De acordo com a IDC, o outsourcing deve ter um aumento de 10% nesse ano, impulsionado pelas pequenas e médias empresas. No Brasil, a desvalorização do real em relação ao dólar vem atraindo investimentos de empresas estrangeiras, impulsionando o crescimento da atividade no nosso país.

Tipos de outsourcing de TI

Basicamente, o outsourcing de TI se divide em três tipos: offshore, onshore e nearshore. Cada um deles tem suas próprias vantagens e atende diferentes tipos de necessidades.

Offshore: nesse modelo, os processos e infraestrutura ficam alocados em países em desenvolvimento. Entre os destinos mais comuns estão a Índia, a China e o Brasil. A desvantagem desse tipo de outsourcing de TI é a série de dificuldades que as diferenças de cultura e idioma podem criar.

Onshore: enquanto no offshore tudo fica localizado em outros países, nesse modelo a terceirização é feita por empresas localizadas no mesmo país de quem as contratou. Nesse caso, as barreiras culturais e linguísticas não existem, mas há opções menores de oferta.

Nearshore: no modelo nearshore, a terceirização é feita em países mais próximos, que compartilhem o idioma e o fuso-horário, além de serem também culturalmente semelhantes. É uma forma de diminuir o impacto que as diferenças impõem e, ao mesmo tempo, aproveitar os benefícios econômicos de outras nações.

Outsourcing de TI: principais benefícios

Agora que já entendemos o conceito por trás do outsourcing de TI, vamos ver que tipos de benefícios eles trazem para as empresas que optam pela terceirização.

• Foco total na sua atividade principal
Para muitas empresas, criar uma estrutura de TI que atenda suas necessidades é um processo extremamente trabalhoso. Isso porque nem todas elas possuem o pessoal e o entendimento necessários para realizar essa mudança, resultando no desperdício de tempo e recursos.

Com o outsourcing, as empresas não precisam se preocupar com esses detalhes e podem se dedicar integralmente ao seu core business. É preciso, no entanto, que a contratante esteja devidamente alinhada com a empresa de TI, para garantir que todo o processo seja conduzido sem problemas.

Boa gestão e agilidade na correção de falhas

As empresas dependem diretamente de uma boa gestão dos recursos tecnológicos para que seus processos funcionem adequadamente. Isso requer não apenas equipamentos com bom desempenho e segurança, mas também a atuação de uma equipe especializada e preparada para atuar nas mais diferentes ocasiões. Tudo isso é garantido pelo serviço de outsourcing.

Além disso, ter uma empresa dedicada somente à operação da sua estrutura de TI permite que eventuais erros e falhas sejam detectados e resolvidos mais rapidamente, minimizando possíveis atrasos e prejuízos.

• Equipamentos e sistemas sempre atualizados

A tecnologia está em constante evolução. Isso significa que atualizações e novos equipamentos sempre serão necessários para manter os processos funcionando adequadamente. Para empresas cujo o foco de trabalho não é a TI, isso significa um alto volume de investimentos que muitas vezes sequer cabem no orçamento. Nesse caso, a terceirização é uma ótima saída, pois ela investe regularmente em estrutura e atualizações para oferecer o melhor serviço possível.

Quando optar pela terceirização

Que o outsourcing de TI pode trazer muitos benefícios para a sua empresa já está claro, mas quando é o momento certo de contratar uma terceirizada? Existem alguns indicativos que podem ajudar você a tomar essa decisão:

Redução de custos: quando os gestores precisam otimizar seus processos, mas não tem disponibilidade no orçamento para ampliar sua estrutura de TI ou fazer novas contratações, a terceirização aparece como a solução com melhor custo-benefício.

Agilidade no gerenciamento de processos: o outsourcing de TI trabalha com uma infraestrutura moderna e profissionais especializados. Para a gestão interna de uma empresa, isso é fundamental para que os processos sejam realizados em menor tempo, precisem de menos investimentos para dar resultado e aumentem sua produtividade.

Ampliações pontuais na equipe de TI: existem situações em que empresas que já possuem um time de TI precisam aumentar a equipe para realizar determinados projetos. Por serem necessidades pontuais, por um curto período de tempo, a contratação não vale a pena nesses casos. Assim, a terceirização do TI aparece como a melhor solução, pois pode ser contratada pelo tempo que durar o projeto.

Dicas para escolher um bom serviço de outsourcing de TI

Na hora de terceirizar seu TI, você deve tomar algumas precauções:

• Veja o que outros clientes da empresa têm a dizer sobre o serviço.

• Certificações são importantes na área de TI. Analise as que a empresa que você deseja contratar possui.

• Defina todos os detalhes da relação de terceirização no SLA (Service Level Agreement). Não esqueça de especificar quais são as responsabilidades da terceirizada, crie algumas métricas de desempenho e ofereça treinamentos sobre suas políticas internas.

Com a tecnologia cada vez mais integrada ao dia a dia das empresas, a necessidade de uma infraestrutura de TI de alto desempenho e profissionais especializados é cada vez maior. Nesse cenário, o outsourcing de TI aparece como uma ótima solução para fornecer os recursos necessários por um investimento mais acessível, consolidando-se como uma solução de excelente custo-benefício.

Para conhecer outras tendências da área de tecnologia para 2018, recomendamos a leitura do nosso e-book “Tendências para Software House em 2018”.