Tecnologia e marketing: o potencial da integração

05/06/18

A transformação digital tem mudado completamente os processos internos das empresas. Nesse cenário, a integração entre tecnologia e marketing tem se mostrado um passo fundamental para que as companhias acompanhem as mudanças e atendam as expectativas de um mercado cada vez mais exigente - tanto que muitos especialistas consideram esse o como o melhor investimento que uma empresa pode fazer internamente.

O crescimento da internet e sua presença cada vez maior no dia a dia das pessoas ajudou a aproximar as marcas do seu público e a mudar drasticamente a forma de comunicação entre eles. Ao mesmo tempo, o surgimento de novas ferramentas digitais mais interativas e conectadas revolucionou a coleta de informações relevantes sobre os hábitos e gostos do consumidor. O resultado é um mundo de novas possibilidades e estratégias, que contribuem para o crescimento de soluções baseadas na integração entre tecnologia e marketing.


Por que investir na integração de tecnologia e marketing

Hoje em dia, quase todas as empresas utilizam estratégias digitais para melhorar sua performance e melhorar o engajamento dos seus consumidores. De acordo com a consultoria Gartner, os diretores de marketing já passam mais tempo operando tecnologia do que os diretores de informação. Isso mostra como a integração entre tecnologia e marketing já é uma realidade. Dos principais benefícios, podemos citar três:

Conhecer melhor seu público

Tecnologia e marketing atuando de forma integrada possibilitam que a empresa tenha uma visão completa de quem realmente é seu público. Isso porque as ferramentas digitais disponíveis hoje em dia permitem uma comunicação totalmente segmentada e a coleta precisa de informações sobre as pessoas que interagem com ela. Assim, com a integração das diferentes fontes de informação, os profissionais de marketing conseguem desenvolver estratégias muito mais eficientes.

Adotar uma cultura baseada em dados

A tecnologia ajuda a derrubar as barreiras organizacionais que impedem diferentes setores de trabalharem juntos. Com uma cultura baseada em dados, é possível aumentar significativamente o desempenho do negócio através de um fluxo de informação que facilite o processo de tomada de decisões. Para isso, no entanto é preciso treinar o marketing para analisar corretamente os dados coletados nas campanhas para desenvolver melhorias e otimizar os investimentos.

Transformar ideias em ações

A insegurança é uma das principais responsáveis por manter grandes ideias no papel. Isso porque é praticamente impossível convencer uma empresa a investir em uma ação se não houver a certeza de que ela trará um retorno satisfatório. Com a integração de tecnologia e marketing, a utilização inteligente de dados permite a criação de ações muito mais certeiras, o que facilita com que elas sejam postas em prática.

Integração de tecnologia e marketing: algumas aplicações

Hoje, praticamente todas as ações de marketing utilizam a tecnologia, principalmente para gerar engajamento ou fornecer experiências marcantes para o consumidor.

Branding: a tecnologia permite que todas as ações sejam padronizadas de acordo com o perfil do cliente, ao mesmo tempo que a linha de conteúdo é mantida. Os clientes recebem diferentes promoções e ofertas de acordo com seu histórico de buscas.

Vendas: uma das maiores vantagens da mídia digital é que ela é totalmente mensurável. Assim, é possível medir o desempenho de cada campanha com cada tipo específico de público e, com base nisso, desenvolver estratégias mais eficientes. A tecnologia também auxilia na análise da concorrência, como por exemplo no monitoramento de preços, ajudando o gestor a encontrar a hora certa para lançar uma promoção.

Monitoramento em tempo real: ferramentas atuais que integram tecnologia e marketing oferecem a possibilidade de monitoramento do consumidor em tempo real. É possível saber quando ele abriu um e-mail e qual foi seu próximo passo depois de lê-lo. Em lojas virtuais, é possível programar o sistema para enviar e-mails personalizados de acordo com o comportamento do cliente, se ele saiu sem comprar nada ou se encheu o carrinho e não finalizou a compra, por exemplo.

Exemplos bem-sucedidos da integração de tecnologia e marketing

Uma da forma mais fácil de entender os benefícios da integração entre tecnologia e marketing é observando exemplos de sucesso criados nas grandes empresas:

Tweet a coffee: ação criada pela Starbucks nos Estados Unidos na qual os usuários do Twitter podiam presentar seus amigos com 5 dólares para serem utilizados na rede de café. Para isso, bastava tuitar @tweetacoffee e o perfil do amigo.

Varejo digital: redes como a Bloomingdale's oferecem tecnologias para tornar a experiência de compra mais interativas e automatizadas. Na hora de experimentar uma roupa, por exemplo, o cliente não precisa vesti-las. Basta se posicionar na frente do espelho com a peça escolhida e um leitor de codificação visual mostra como ela fica.

Speaking exchange: a CNA de São Paulo usou a tecnologia para derrubar barreiras e ajudar dois grupos de pessoas bem diferentes: de um lado, alunos que precisavam praticar o inglês; do outro, idosos americanos que precisavam de companhia.

Tecnologia e marketing: o potencial da integração

A atuação do marketing dentro das empresas mudou bastante graças à tecnologia, mas ainda há muito o que alcançar. Separamos três pontos principais que devem se desenvolver bastante nos próximos anos:

Maior colaboração entre Marketing e TI: quanto mais os dois setores estiverem alinhados, mais eficientes serão as soluções desenvolvidas. A colaboração entre TI e Marketing permitirá o surgimento de novas ferramentas que melhorem a experiência de compra dos consumidores.

Integração na nuvem: a utilização de CRM e software de marketing baseados na nuvem, ao alcance de toda a equipe devem trazer uma série de benefícios estratégicos, como custos internos menores, maior flexibilidade de operação e redução na complexidade de TI.

O surgimento de novos profissionais: essa nova realidade para tecnologia e marketing também trará um novo tipo de profissional para dentro das empresas: o Chief Marketing Technologist (CMT), alguém que domina as técnicas de marketing e as de tecnologia aplicadas a atrair e reter clientes. Ele atuará à frente de um novo setor, o de Operações de Marketing, que funciona como uma ponte entre o Marketing e o TI.

Novos métodos e resultados melhores. É isso que uma integração bem-feita entre tecnologia e marketing pode trazer para as empresas. O domínio das técnicas de marketing aliado à análise correta do grande volume de dados gerado todos os dias pelos consumidores está criando uma verdadeira revolução na maneira de fazer negócios. Adaptar-se a essa realidade não é apenas uma escolha, mas uma necessidade.

Se você quiser conhecer de que outras formas a tecnologia pode ser importante para os negócios, recomendamos nosso e-book “Tecnologias que melhoram a experiência de compra no varejo”.